Padre António Justino Filho
03 Abril 2022
0 Comments

O encontro com Jesus restitui a vida

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

É no encontro concreto com Jesus Cristo que se experimenta a suavidade que Ele oferece a cada pessoa. Assim acontece no caso da mulher adúltera. Jesus tem a coragem de olhar para ela, de a ver como filha de Deus e não apenas como sujeito de pecado e merecedora de uma pena atribuída pela lei. Para esta mulher, o encontro com Jesus significou a restituição à vida e a anulação da sentença de morte que lhe estava ditada. Diante de Jesus, a vida é renovada, porque também os horizontes são novos. Impõe-se um novo fôlego, um desejo de recomeçar. Jesus propõe uma vida em caminho, não mais marcada pelo pecado, mas pela graça que significou o encontro com Ele.

imagem | cathopic

1ª Leitura: Livro de Isaías 43, 16-21 — “Vou realizar uma coisa nova: matarei a sede ao meu povo”
A história da salvação acompanha todos os tempos e o que Deus fez, no passado em favor do seu povo, continua a fazê-lo no presente. Nesta leitura, o Profeta, que anuncia o regresso do exílio, onde o povo de Deus esteve em cativeiro, quer fazer sentir que o que vai agora acontecer não é menos admirável do que o que tinha acontecido na Páscoa antiga, quando o povo saiu do Egipto. Quanto mais admirável não é o que Deus faz agora por nós em Jesus Cristo!

Salmo 125 (126) — Grandes maravilhas fez por nós o Senhor.

2ª Leitura: Epístola de São Paulo aos Filipenses 3, 8-14 — “Por Cristo, considerei todas as coisas como prejuízo, configurando-me à sua morte”
Esta leitura liga-se hoje à anterior: é em Cristo que vamos encontrar completamente realizado o momento culminante e a plenitude da história da salvação, é n’Ele que a Lei e os Profetas encontram a realização perfeita, é para Ele que toda a história anterior apontava, e sem Ele nada tem sentido. Quem assim o entender, como São Paulo o entendeu, há-de considerar a participação no mistério da Páscoa do Senhor como a maior graça de Deus.

Evangelho: São João 8, 1-11 — “Quem de entre vós estiver sem pecado atire a primeira pedra”
A novidade que Deus oferece ao mundo em Jesus Cristo não aparece à custa da destruição do que anteriormente existiu. A graça não vem à custa da morte do pecador. É a partir da história dos homens pecadores que Deus vai fazer surgir a história da salvação, que os há-de renovar. É na mulher pecadora que Jesus faz brilhar a luz nova da sua graça. Envelhecida pelo pecado, torna-se, pelo poder do Senhor, nova criatura.

Latest posts by Padre António Justino Filho (see all)
Shear it!

Padre António Justino Filho

Comunidade Canção Nova Portugal. Está neste momento numa imersão missionária na Diocese de Évora

Top
TV CANÇÃO NOVA | DIRETO
Estrada da Batalha - Apartado 199 - 2496-908 Fátima | Tlf.: 249 530 600
© Copyright 2020

TV Canção Nova | Direto


Rádio Canção Nova | Direto


Multimédia