Padre António Justino Filho
14 Novembro 2021
0 Comments

Expectativa e preparação são atitudes fundamentais de toda a vida cristã

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Estamos no 33º domingo do tempo comum! Vejamos o que a Liturgia da Palavra nos ensina:

O fim do ano litúrgico constitui uma oportunidade de pensar na realidade do fim dos tempos a partir da fé, na certeza de que Deus tem mão na história e não abandonará ao poder da morte aqueles por quem Cristo deu sua vida. Por isso, os sinais angustiantes das convulsões cósmicas são também sinal da salvação que tem lugar com a vinda de Cristo, que Se assume como aquele que está acima de tudo. Estes textos, escritos com uma linguagem apocalíptica, não pretendem infundir nos crentes o medo, mas estimular a viver bem o presente como preparação para a vida do mundo que há de vir. Esta é a grande certeza que a fé nos traz: tanto na história como na eternidade, é Deus quem domina e isso assegura-nos o conforto que só d’Ele nos vem.

1ª Leitura: Profecia de Daniel 12, 1-3 — “Nesse tempo virá a salvação para o teu povo”
Em tempo de grande perseguição religiosa sofrida pelo povo de Deus no fim do Antigo Testamento, o profeta aponta a ressurreição futura como o destino último dos que estavam sendo vítimas da perseguição. A última palavra haveria de ser não a da morte, mas a da vida, como algum tempo depois se manifestou claramente na ressurreição de Cristo. Ao chegarmos quase ao fim do ano litúrgico, surge no horizonte a luz da glória da vida eterna para além da morte.

Salmo: 15 (16) – Defendei-me; Senhor: Vós sois o meu refúgio.

2ª Leitura: Epístola aos Hebreus 10, 11-14.18 — “Por uma única oblação, tornou perfeitos para sempre os que foram santificados”
Uma vez que Se ofereceu ao Pai na Cruz em sacrifício, Jesus entrou no santuário celeste como o manifestou a sua ressurreição. É essa a salvação total e perfeita. A partir daí, e pelos merecimentos em que Ele, por misericórdia de Deus, nos quer fazer participar, todos nós podemos com Ele e por Ele, entrar também no santuário celeste. É essa a esperança dos cristãos: passar, com Cristo, da morte à ressurreição.

Evangelho: Marcos 13, 24-32 — “Reunirá os seus eleitos dos quatro pontos cardeais”
O ano caminha para o seu termo, não como para um fim sem além, mas como para o supremo momento de quem tem vivido na expectativa de alguém que vai chegar e quer ser acolhido. É o Senhor Jesus, o Filho do Homem, que virá para congregar os homens em Si, e os levar consigo para o Pai. Aí será o lugar do repouso eterno, para quem viver esta vida presente na experiência feliz do Senhor que vem. Expectativa e preparação são atitudes fundamentais de toda a vida cristã, hoje lembradas de maneira particular.

Latest posts by Padre António Justino Filho (see all)
Shear it!

Padre António Justino Filho

Comunidade Canção Nova Portugal. Está neste momento numa imersão missionária na Diocese de Évora

Top
TV CANÇÃO NOVA | DIRETO
Estrada da Batalha - Apartado 199 - 2496-908 Fátima | Tlf.: 249 530 600
© Copyright 2020

TV Canção Nova | Direto


Rádio Canção Nova | Direto


Multimédia