Padre António Justino Filho
06 Fevereiro 2022
0 Comments

Deus no homem e o homem em Deus

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Encontro de Jesus com Pedro e os seus companheiros introduz-nos nos inícios da Igreja, enquanto comunidade dos discípulos de Jesus.

imagem | cathopic

É um encontro centrado na palavra: Jesus anuncia a Palavra de Deus a partir da barca de Pedro; dá ordens de manobras pesqueiras, com uma palavra vence a desconfiança de Pedro; pela palavra, chama Pedro a ser “pescador de homens” (Lc 5,10). O encontro com o divino gera no coração humano o temor da morte (cf. Is 6,5; Lc 5,8), com base na crença de que ninguém pode ver a Deus e continuar vivo. Mas a ação de Deus santifica o coração humano, capacitando-o para esse encontro (cf. Is 6,7), e infunde confiança, repetindo as palavras: “Não temas” (Lc 5,10).

1ª Leitura: Livro de Isaías 6, 1-2a.3-8 — “Eis-me aqui: podeis enviar-me”
Esta leitura apresenta a vocação de Isaías e a sua missão, para introduzir a missão dos Apóstolos, de que falará o Evangelho. A vocação e a missão vêm de Deus, são dom seu. Em presença de tais dons, ao homem compete simplesmente responder e deixar-se enviar, porque a obra a que é enviado é toda de Deus. Foi por isso que o profeta começou por sentir-se envolvido em sinais da presença e da santidade de Deus. E ao reconhecer que Deus o chamava, respondeu a esse chamamento e deixou-se enviar para a missão a que Deus o destinava.

Salmo 137(138) — Na presença dos anjos, eu Vos louvarei, Senhor.

2ª Leitura: Primeira Epístola do Apóstolo São Paulo aos Coríntios 15, 1-11 — “É assim que pregamos e foi assim que acreditastes”
Os cristãos de Corinto, cidade grega de ambiente pagão, deviam sentir a atitude negativa dos grupos no meio dos quais viviam, em relação à ressurreição dos mortos, que até os próprios Judeus só lentamente foram admitindo. Para os cristãos, a morte e a ressurreição de Cristo constitui a base e o fundamento da sua fé. Ao afirmar o mistério pascal de Cristo, São Paulo apresenta o núcleo central da profissão de fé da Igreja, o “Credo”.

Evangelho: São Lucas 5,1-11 — “Deixaram tudo e seguiram Jesus”
A disponibilidade verificada no profeta Isaías, vemo-la agora nos Apóstolos. É o Senhor que os envia, mas eles, por seu lado, deixam-se enviar. A obra de Deus está também nas mãos dos homens, porque Deus os quer associar a Si na obra de salvação: Deus no homem e o homem em Deus. E a única atitude possível para o homem a quem Deus chama e envia é responder como Isaías: “Eis-me aqui”, e como Pedro: “Já que o dizes, lançarei as redes”.

Latest posts by Padre António Justino Filho (see all)
Shear it!

Padre António Justino Filho

Comunidade Canção Nova Portugal. Está neste momento numa imersão missionária na Diocese de Évora

Top
TV CANÇÃO NOVA | DIRETO
Estrada da Batalha - Apartado 199 - 2496-908 Fátima | Tlf.: 249 530 600
© Copyright 2020

TV Canção Nova | Direto


Rádio Canção Nova | Direto


Multimédia