Administrador Adm
/

14 Julho 2016
0 Comments

D. Nuno Brás nomeado membro da Secretaria para a Comunicação da Santa Sé

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O bispo auxiliar de Lisboa, D. Nuno Brás, foi nomeado pelo Papa Francisco como membro da Secretaria para a Comunicação da Santa Sé.

De acordo com informações avançadas hoje pela sala de imprensa da Santa Sé, D. Nuno Brás passa a integrar aquele organismo a par de outros representantes católicos, de vários países e continentes.

Em entrevista à Agência ECCLESIA, o bispo auxiliar de Lisboa mostrou-se “surpreendido” por esta nomeação mas agradeceu a “confiança” do Papa Francisco para uma missão que antevê como “desafiante”.

“Trata-se de ajudar a criar uma coisa de raiz, é um caminho novo que a Santa Sé está a percorrer, e o Papa convida-me a fazer parte desse percurso”, salientou.

Recorde-se que a Secretaria da Comunicação da Santa Sé, criada em 2015 pelo Papa Francisco, veio juntar sob a mesma tutela todos os meios do Vaticano dedicados à comunicação social, como o jornal “L’Osservatore Romano”, a Rádio Vaticano e o Canal Televisivo do Vaticano.

Sobre este organismo, atualmente presidido pelo monsenhor Dario Viganò, D. Nuno Brás destaca a forma como ele tem olhado para a relação entre a Igreja Católica e os media.

“Não se trata simplesmente de tomar opções técnicas, trata-se de pensar o que é a comunicação para a Igreja e na Igreja e depois colocar as instituições que existem ao serviço desta noção de comunicação”, frisa o bispo auxiliar de Lisboa, considerando que sendo a “comunhão” uma “realidade” intrínseca de Deus e da Igreja, “a comunicação é qualquer coisa de essencial”.

“A Igreja não pode deixar de usar todos os meios que estão ao seu alcance para criar este dinamismo de comunhão e anunciar o Evangelho ao mundo que ainda não o conhece”, aponta D. Nuno Brás, referindo como “grande desafio” esta nova era digital que vivemos.

Uma era que não pode deixar de contar com “a presença da Igreja e dos cristãos”, conclui.

D. Nuno Brás da Silva Martins, de 53 anos, foi ordenado bispo auxiliar de Lisboa a 20 de novembro de 2011 e integra atualmente a Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais, da Igreja Católica em Portugal.

Doutorado em Teologia Fundamental pela Universidade Pontifícia Gregoriana (Roma), o prelado é também autor da tese “Cristo comunicador perfeito” e de várias obras que recorrem à teologia como forma de refletir sobre o fenómeno da comunicação na sociedade atual.

Formou-se ainda em Comunicação Social, também pela Pontifícia Universidade Gregoriana, e é colaborador, há vários anos, do jornal “Voz da Verdade”, do Patriarcado de Lisboa.

Segundo o serviço informativo do Vaticano, passam também a integrar a Secretaria da Comunicação da Santa Sé, entre outros responsáveis católicos, o cardeal Bechara Boutros Raï, patriarca maronita do Líbano; D. Leonardo Sandri, prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais; e D. Beniamino Stella, prefeito da Congregação para o Clero.

Destaque também para a presença de vários leigos, como Kim Daniels, consultora da Conferência Episcopal dos Estados Unidos da América para a Comissão ad hoc sobre a liberdade religiosa; Markus Schächter, professor de ética nos mass media e na sociedade, na Faculdade de Filosofia de S. I. de Munique (Alemanha); e Leticia Soberón Mainero, psicóloga e especialista de comunicação, já consultora do Conselho Pontifício das Comunicações Sociais (México e Espanha).

Fonte: Agência Ecclesia

Shear it!
Top
TV CANÇÃO NOVA | DIRETO
Estrada da Batalha - Apartado 199 - 2496-908 Fátima | Tlf.: 249 530 600
© Copyright 2020

TV Canção Nova | Direto


Rádio Canção Nova | Direto


Multimédia